Teste

Mago, Aprendiz Vol.I- #Raymond E. Feist

This image has an empty alt attribute; its file name is MAGO-1.jpg

Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido ao serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para sempre.Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia ou morrer.Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro 
valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos.

Vamos nós!

Felizmente eu escolho os livros que leio não pela capa, não pela opinião de outros leitores. Escolho pelo tema, isso deixa espaço para gostar ou me decepcionar. Depois que li toda série foi que me dei conta da quantidade de resenhas e críticas dirigidas ao livro. Sinceramente, achei todas sem fundamento, principalmente vindo de pessoas que só escrevem resenhas. Escrever um livro é algo complexo, cansativo e tem margem para erros. Na minha opinião pegaram pesado e não compreenderam que o autor estava mostrando o desenvolvimento de vários personagens ao longo de toda uma vida. Não achei a série infantil, e muito menos fiquei buscando um personagem principal.  O livro tem vários e isso é muito bom porque me apaixonei por muitos deles.

Vamos a resenha.

O livro começa na cidade de Crydee, não tente achar no mapa, pode ser qualquer lugar, em qualquer tempo. Isso me agradou. O jovem Pug é órfão e criado pela família de seu melhor amigo Tomas, eles vivem no castelo do Duque do Reino das Ilhas. Ele e todos os jovens de sua idade aguardam ansiosos o dia que serão escolhidos como aprendiz. Ele quer ser escolhido pelo mestre de armas, mas acaba sendo escolhido pelo mago, Kulgan. Um homem cheio de mistérios e que conta com a confiança do duque.

Pug tenta aprender o que o mago lhe ensina, mas seus esforços são inúteis. A magia está dentro dele, mas contida. Sua magia só aparece quando bem entende ou quando está em perigo. Quando ele salva a princesa Caline, uma jovem voluntariosa e cheia de admiradores, Pug cai nas graças de duque e recebe alguns favores.

Aos poucos Pug vai orbitando próximo a eventos que vão mudar sua vida completamente. Como escudeiro ele cresce, e quando Crydee é invadida por um povo estranho vindo de uma terra longínqua por meio de um portal magico a vida de Pug e seu amigo Tomas mudam completamente.

Ao lado de Kulgan Pug inicia uma jornada de crescimento, seus valores, lealdade, coragem serão testados. A guerra, distancia Pug de amigos e amores e o faz crescer. Os invasores são estranhos, determinados, não temem a morte e se entregam ao combate numa sanha cega.

O livro se desenvolve de modo que o leitor acompanhe vários personagens e se interesse por todos. O autor consegue falar bem de guerra e jornadas e até mesmo de amor e desilusão. Pug, Tomas, Caline crescem e percebem que o mundo deles mudou e jamais será o mesmo.

Em vários momentos me senti completamente envolvida pela trama, torci, lamentei até pelos cavalos que morriam de exaustão no livro. A neve, os seres mágicos que foram aparecendo é tudo muito crível. O ritmo é envolvente e nos faz torcer muito por todos. Como já havia lido a série do mesmo autor A filha do Império, eu sabia muito bem quem eram os invasores. Elas se completam e fazem entender que todos os povos têm algo em comum, mesmo os invasores.

O livro talvez tenha decepcionado alguns leitores porque não mostrou Pug aprendendo magia. O que não entenderam na minha opinião, é que a aprendizagem era de vida, além da magia. Não adiantaria ter poder e não ter experiência. Kulgan não seria o mestre de Pug, ele e sua magia estavam além de seu mundo. Ele realmente precisava ser ensinado pelos magos chamados de “Mantos Negros”.

Havia muito a ser contado, personagens que precisavam aparecer porque seriam necessários nos demais livros da série como Tomas, Arutha, Martin do Arco. Gostei muito do livro e assim que terminei passei para o segundo livro da série. O final me surpreendeu e deixou maluca.

Minha nota? Quatro beijos mordidos!

A Senhora do Império – Raymond E. Feist e Janny Wurts

“Em Kelewan, Mara, a Senhora dos Acoma, sente-se segura e em paz pela primeira vez na vida – até que seus inimigos tentam matá-la e acabam tirando a vida de seu filho. Abalada pela tragédia e cercada por espiões, assassinos e casas rivais, ela enfrentará o maior desafio de sua vida e sofrerá ainda mais perdas durante esse trajeto. Em busca de justiça, ela verá seus planos frustrados pela Assembleia de Magos, que detém o poder real do Império e mantém a população dócil e domesticada, e também pelos terríveis Mantos Negros, que encaram Mara como a ameaça suprema ao seu poder ancestral. Então, para assegurar a paz, Mara deverá viajar para além das fronteiras da civilização, desvendando antigos segredos até os portões de Chakaha, a cidade dos estranhos cho-ja. Reunindo toda a sua coragem e astúcia, a Serva do Império iniciará sua maior batalha em nome da sua vida e do seu lar”.

Dos vários livros que li em 2018 a série “A Filha do Império” foi sem dúvida os melhores, também adorei a série “Mago” do mesmo autor. Mas Mara da família dos Acoma roubou a cena.

A trama é envolvente, enriquecedora, apesar de ser uma serie de fantasia. A personagem cresceu em cada página e me surpreendeu muito. Em alguns momentos fiquei emocionada porque me apeguei a alguns personagens que simplesmente deram a vida para que a sociedade mudasse para melhor e saísse da estagnação. Claro, a trama fica fechada, mas quando você lê a série Mago tudo se completa.


Mara sofreu e sangrou nos livros e no ultimo houveram momentos que acreditei que ela cairia. Ela é uma presença forte, mas também humana. No terceiro livro senti o peso da fragilidade de muitos dos seus aliados.

Alguns partiram em luta heroicamente outros foram tocados por sentimentos como amor e ódio. Arakasi quase me faz botar o coração pela boca devido ao nível de perigo a que se expos. Ele é o líder da rede de espiões. Não houve personagens fracos ou pouco aproveitados, todos tem sua história e valor.


O livro vai além do entretenimento e ensina valores como honra, respeito pelos mais velhos e sábios. Por costumes raças e religiões diferentes.
Feist e Janny fizeram um excelente trabalho. Virei fã e li tudo que encontre do autor, inclusive “O Rei das Cinzas, a Saga dos Jubardentes” e já esperando a continuação.

Minha nota? Cinco Beijos Mordidos!

Crônicas de Alma e Sangue Vol. 6 -#LivroFinalizado

É com muito prazer que anúncio a finalização do primeiro livro das Crônicas de Alma e Sangue. Ele pode e será considerado o Vol. 6 da série. Claro, se você nunca leu os livros da série pode ler as crônicas sem problemas. Mas vai sentir falta de algumas coisas.

Para iniciar o livro, peguei o capítulo 39º do livro Alma e Sangue, A Rainha dos Vampiros, nele Darden visita o rei, Ariel Simon, e o avisa que ele tem uma rainha, mas que a mesma está desaparecida a tanto tempo quanto ele é rei. Isso provocou em Ariel grande inquietação. O capitulo teve mais informações adicionadas, algumas que não pude usar na época do lançamento pois não sabia quanto tempo levaria para dar prosseguimento a minha série.

Terminar esse livro para mim é uma grande vitória e lançá-lo será ainda melhor.

O que esperar desse novo capítulo da série? Muita ação, romance, novos e antigos personagens, e a nossa querida rainha. Ela é doce e poderosa e vai fazer Ariel amá-la profundamente e sofrer um pouquinho também. Os inimigos? Muitos, antigos e perigosos e sedentos pelo sangue da rainha e do rei.

Kara e Jan Kmam estão do lado do rei o ajudando junto com todo o resto.

Agora vou apenas melhorar algumas coisinhas, ver se não esqueci nenhum grande detalhe e continuar o Vol.2 das crônicas. Agradeço o apoio dos que me acompanham nas redes sociais sempre na torcida pelo meu trabalho e livros. Obrigada pelo carinho. Espero em breve poder dar notícias de edição e lançamento do livro. Não tenho nenhuma previsão ainda mais sou uma garota otimista e conto com o apoio dos meus vampirinhos para fazer isso acontecer.

Vou atualizar minhas páginas e meu blog que estão parados graças ao ritmo de escrita que assumi nos últimos meses. Se tudo correr como espero também pretendo terminar o segundo livro da série Pandora Controle Sobrenatural Vol.2 em 2019.

Como de costume fiz meu pequeno ritual de finalização, tomei meu cálice de sangue…Ops! Vinho! Risos. Sozinha no jardim pensando nos meses, no trabalho, nos capítulos, brindando ao futuro e as coisas boas que estão por vir.

Obrigada e beijos mordidos!

Atualização – #Fim das Férias

E minhas férias chegaram ao fim, amanhã já estou de volta ao trabalho. Resultado das férias? Livro praticamente pronto, estou enxugando alguns capítulos e analisando se falta alguma coisa. Mas estou muito satisfeita com o resultado final.
Dei uma sumida, parei de ler e me isolei. Me aturar nesses dias é complicado. Pois é difícil entender que preciso ficar só.
Nessas horas só preciso do básico, comida, água, banheiro. Meu computador e anotações. O resto só me atrapalha.

Pensei muito em como deveria começar e mexi em quase tudo, pois no meio do caminho percebi, que deveria pegar a história exatamente onde havia parado. No final do livro A Rainha dos Vampiros.

Ao longo dos últimos anos percebi muitas coisas, uma delas é que posso fazer o que desejar com o mundo que criei. Estou satisfeita com os livros da série já lançados. Mas relendo algumas partes desejei mudar algumas coisinhas. Nada que altere a ordem dos fatores. Acho que isso é coisa de escritor.
Um desses momentos é no livro a “Rainha dos Vampiros”. Eu desejei muito colocar no livro sobre os anos que Kara ficou longe de Jan Kmam e vivendo com o rei, Ariel Simon em Paris. O problema é que ficaria muito grande e não quis arriscar. Guardei esse material.

Fiz dele dois pequenos livros, eles são “Eternamente Só e o Salvador”, os publiquei em meu blog. Pensei em publicar, mas desisti, porque os quero dentro dos livros da série.

Montando o livro novo percebi que era daí que deveria partir. A presença de Kara na vida de Ariel até o momento que ele descobre que tem uma rainha é vital. Sem falar que no livro o Salvador, Virgílio é um Primogênito, um dos primeiros vampiros criado pelo sangue dos Anciões, Isadora sua cria tem um papel muito importante no futuro do rei e da rainha. Tudo se encaixou.

O livro está com quinhentas e poucas páginas. Só sei que o mais difícil já foi feito. Todos os capítulos estão prontos e estou simplesmente verificando a melhor ordem e deixando o texto redondinho.

Logo poderei fechar o arquivo e enviar para leitura. Mas acredito que ele só será lançado em 2019. De vocês meus fãs e leitores peço apenas aquela torcida básica. Estou lutando por novidades e se conseguir acredito que vocês vão surtar de alegria.

Beijos Mordidos!

A Serva do Império – Raymond E. Feist- #Leituras de Outubro

Mara, a Senhora dos Acoma, conhece melhor que ninguém os segredos do Jogo do Conselho. Por meio de sangrentas manobras políticas, ela se tornou uma poderosa força no Império. Mas, rodeada de rivais impiedosos, terá que ser a melhor se quiser sobreviver. Como se isso não bastasse, a jovem precisa lutar em duas frentes. Na corte dos Tsurani, intrigas e traições desestabilizam o poder. Em seu coração, a paixão por um bárbaro do mundo inimigo de Midkemia a leva a questionar os princípios que sempre nortearam sua existência. Com seu filho em perigo e a continuidade de sua Casa ameaçada, Mara usa de todos os meios para tentar controlar a crueldade dos seus inimigos. Os desafios que terá que enfrentar dessa vez irão colocar em xeque as tradições dos Tsurani e suas próprias convicções. Neste jogo de sentimentos e poder, talvez ninguém saia vencedor…

Continue reading “A Serva do Império – Raymond E. Feist- #Leituras de Outubro”

Alerta final – Lee Child – #Leituras de Agosto – 1

Após sua última aventura, Jack Reacher vive solitário no sul da Flórida, cavando piscinas e sendo segurança de uma casa de strip. Quando um investigador particular viaja até a pequena Cidade onde está o ex-militar e começa a perguntar por ele, rapidamente é assassinado por dois desconhecidos. Agora, por mais que queira manter sua vida tranquila, Reacher vê-se obrigado a descobrir quem procura por ele e porque não querem que o encontre.

 

 

Continue reading “Alerta final – Lee Child – #Leituras de Agosto – 1”

O Tempo Para Tudo

Estou enfrentando um pequeno dilema, minha mente está se recusando a fazer resenhas. Estou muito envolvida com a escrita do primeiro livro das Crônicas de Alma e Sangue, para escrever qualquer outra coisa.

Apesar de ter lido três bons livros, ainda não consegui fazer a resenha de nenhum.  Li em setembro o terceiro livro da série escrita por Lee Child, Alerta Final. Quando li o nome Jack Reacher na capa, lembrei dos dois filmes da série protagonizados por Tom Cruise. Tentei entender a ordem dos livros, mas por não ter a indicação na capa terminei lendo o terceiro livro. Bem, não me decepcionei. Jack é um homem muito bonito e inteligente. O livro é incrivelmente bom, logo que voltar a operar em modo “resenha” a público no site.

Assim que terminei Alerta Final, mergulhei no segundo volume da série A Saga do Império, escrita por Raymond E. FeistJanny Wurts composta por três livros. “A filha do Império Vol.I, A serva do Império Vol.II, e a Senhora do Império Vol.III”. Já estou no terceiro livro, não consegui fazer um intervalo.

Virei fã dos autores e me apaixonei por essa trilogia de forma irremediável.  Mara Acoma é uma mulher incrível, sua história e lutas, os jogos de poder, as tramas políticas são inteligentes, fascinantes e dolorosamente reais. Fazia muito tempo que não me deparava com uma saga tão envolvente.

Não vou me apressar em escrever essas resenhas. E como estou de cabeça cheia, em outubro farei essas resenhas com todo carinho que elas merecem.

Por enquanto, preciso terminar o primeiro livro das Crônicas. Pelos meus cálculos estou atrasada.

 

Beijos mordidos

Novo Personagem – Cigano – Crônicas de Alma e Sangue

Quando comecei a escrever os capítulos sobre o passado da rainha, Cigano apareceu. Um vampiro com um pouco mais de seiscentos anos. Descendente dos Roma, nascido no ano 1000.

Um dos Lordes do conselho do rei. Afinal como o nome sugere ele é um cigano e não fica muito tempo em um mesmo lugar. Não foi planejado, mas ele chegou e será bem recebido.

 

Estava ouvindo uma música que adoro Evlerinin Önü Boyalı Direk, a música considerada um “Flamenco Árabe”, é cantada em turco e é um show de ritmo e melodia.

Ela evocou acho a mística de Cigano.

 

O vi tocando o violão, os olhos claros olhando sua pequena audiência, Apesar do toque da imortalidade sua pele é morena, cabelos castanhos sobre o ombro. Um homem alto, pernas longas, ombros largos.

 

O violão acompanhando o ritmo de sua voz. Procurei várias imagens de homens ciganos e encontre duas que definem bem o meu Cigano. Acho que vão gostar muito dele.

 

Beijos Mordidos!

A Vila dos Pecados – Soraya Abuchaim #2 Leituras de Junho

Final do século XIX. Enquanto o mundo passa por transformações importantes, existe uma vila inóspita, que vive à margem da civilização e que tem as suas próprias e estranhas leis.

Lendas escuras a rondam e histórias macabras sobre Ponta Poente povoam o imaginário popular. Quando o padre Alfonso Anes, um exemplo vivo de amor e resignação, chega à vila para substituir o seu antecessor, depara-se com segredos que o farão duvidar da própria sanidade, e uma onda de mortes trará o caos para aquele lugar ermo. Quem estará a salvo? Serão estes segredos o fim de quem os esconde? O que esse universo tenebroso revelará para o mundo? Um suspense sinistro, que envolverá completamente o leitor e o levará a compartilhar dos segredos da Vila dos Pecados.

Continue reading “A Vila dos Pecados – Soraya Abuchaim #2 Leituras de Junho”