Etiquetas

,

o-cirurgiaoO Cirurgião

“Tess Gerritsen, neste livro assustador, narra o rastro de sangue deixado por um assassino cruel. O agressor entra na casa de suas vítimas na calada da noite e segue até o quarto delas. Mergulhadas em sono profundo, as mulheres ignoram que irão acordar para um terrível pesadelo. A precisão com que ele investe contra as mulheres, somada à crueldade de agressão – útero das vítimas é arrancado -, sugere que o responsável pelas atrocidades seja um médico psicopata. Os jornais de Boston passam então a chamá-lo de ‘O Cirurgião’. Em um livro de tirar o fôlego e com descrições minuciosas, a autora nos apresenta a um rico universo de personagens, ao criar um romance de suspense e profundidade inéditos”.

Adoro me surpreender com livros. Nas minhas buscas por boas leituras na internet esbarrei com uma série de livros que me chamou a atenção. Reuni dois estilos que adoro, policial e terror. A palavra “Serial Killer” define melhor a coisa toda. Logo nas primeiras linhas percebi que a autora conseguiu prender minha atenção. Conseguiu me jogar em Boston atrás de um assassino cruel e extremamente cuidado com os detalhes.

Quem me conhece sabe que adoro coisas ditas “sombrias”, talvez por isso goste de tanatologia, medicina legal, filmes de terror, do sobrenatural e tudo que tenha um pezinho no lado mais sombrio da humanidade. Não tenho vergonha de admitir. Mas não sou do tipo mórbida. Minha curiosidade é no saber, no descobrir os motivos, no porque da morte, do fim de tudo e nesse caso, como ocorreu?

Vamos à trama do livro, mulheres são encontradas mortas em suas casas, a brutalidade do ataque e o requinte de crueldade é assustador. Amarradas, estupradas e mutiladas cruelmente. Para investigar o caso o detetive Moore e a detetive Rizzoli, ele é o policial educado, que vê Rizzoli como policial e não como uma mulher tentando ser um homem. Jane Rizzoli é descriminada por seus colegas de trabalho, rejeitada em um mundo predominantemente masculino. Não é bonita, mas é forte e decidida, bem mais do que aparenta ser. Os dois detetives estão diante de um caso complexo e cheio de surpresas nada agradáveis.

A investigação leva Moore e Rizzoli para casos de estupro e mutilação ocorridos dois anos atrás em Savanah, que eram praticados por Andrew Capra, mas ele foi morto pela Dra. Cordell em legitima defesa. Ela sobreviveu, mas estranhamente o assassino que está agindo em Boston começou a persegui-la. Ela é a próxima vítima.

A violência contra a mulher é mostrada de uma forma séria. Em muitos momentos tive uma ideia de como somos frágeis, observadas e feridas, mortas. O que me assustou um pouco e me fez colocar uma pedra extra em minha bolsa. É, assim quem quiser me atacar vai sentir muita dor.

Você tem estômago fraco? Não leia esse livro, os detalhes aqui te transportam para cena do crime, para a sala de autopsia, e lhe oferece cores e odores. Que tal um pouco de canfora sob o nariz? A Tess tem muita experiência com medicina e explora seus talentos na área enriquecendo todos os detalhes.

tess-gerritsenO livro é surpreendente, o modo que a autora explora vitima, policia e assassino nos coloca diante de um livro rico em todos os sentidos. Entra na mente do assassino é algo de curioso e necessário para entendermos seus impulsos. Não consegui descobri quem era o assassino isso me incomodou, mas provou o quanto a escritora é maravilhosa.

Fiquei tão impressionada que decidi ler os doze livros da série. Até agora já li três, que pretendo resenhar aqui para o canal Eu Vejo Livros.

 

Minha nota? Cinco Beijos Mordidos!

beijos-mordidosbeijos-mordidosbeijos-mordidosbeijos-mordidosbeijos-mordidos

 

 

Anúncios