Etiquetas

, ,

a-madicao-scarlletin55078Nicoletta foi toda sua vida “diferente”. Em seus escassos 17 anos é a curandeira do vilarejo no qual vive e a alegria de seus vizinhos, que a protegem, ela e seu segredo.
Por isso, quando é convocada ao Palácio da Morte, onde vive o poderoso Dom Scarletti, sobre cuja família pesa uma terrível maldição que acaba com as mulheres que pisam no palácio, todos temem por ela.
Uma vez no palácio, a jovem atrai a atenção do senhor, sobre o qual correm estranhos rumores e que decide fazê-la sua.
Nicoletta enfrenta a morte no palácio, mas vem determinada a descobrir quem esteve matando durante as gerações as esposas dos Scarletti e a tantas outras mulheres que trabalharam no palácio, incluindo a sua própria mãe.

Olá queridos amigos! Não deixe de curtir nossa página no Facebook Eu Vejo Livros (https://www.facebook.com/EuVejoLivros/) , você já leu o livro, o que achou? Me siga aqui no blog Nazareth Fonseca =)

Conheci a autora Christine Feehan através da série de dez livros chamada “Caminhante Fantasma”, li apenas oito deles porque não consegui encontrar os outros dois últimos em E-book. A autora tem uma pegada #hotsuave que gostei bastante, algo de bom gosto. Sem falar que a trama que envolve o casal e 2904todo o romance prende o leitor.

Devorei todos os livros e quando estava a procura de mais um, encontrei a Maldição Scarletti, mas não se enganem Christine Feehan é uma máquina de escrever livros. Não consegui saber ao certo quantos livros ela já escreveu.

O que me seduziu na leitura da Maldição Scarletti, foi à questão sobrenatural, Nicoletta, personagem principal é a curandeira do vilarejo aos pês do castelo dos Scarletti e tem alguns dons especiais. No vilarejo é querida, respeitada e protegida por todos. Graças a ela muitos já foram salvos e a maioria teme perdê-la e a seus dons.

Pessoas, aviso: esse é um livro de entretenimento, daqueles para você ler na rede se embalando numa tarde preguiçosa. Não vamos exigir aqui um “clássico da literatura”. O texto é bom, a história tem pé e cabeça e o romance, algo sombrio e sexy. Sem falar de um misterioso assassino. A trama parece um pouco aqueles livros de banca, os famosos “Sabrina”, lembram-se deles? Um detalhe, muitas escritoras como Janet Dailey, escreveram livros de banca e depois romances para grandes editoras sem perder a excelência ou a imaginação.

Vamos falar da trama, quando a Sobrinha de Dom Scarletti adoece misteriosamente, A curandeira da vila é convocada para ir ao castelo, Maria Pia, afinal, ela finge ter o conhecimento de Nicoletta e a protege com unhas e dentes.

Ela tenta se disfarçar, mas os olhos atentos de Dom Scarletti percebem sua beleza e seus dons. A criança é salva e ela e Maria Pia sofrem uma espécie de atentado. O castelo é perigoso e parece povoado por fantasmas.

Seduzido, talvez enfeitiçado pela única mulher que talvez possa compreendê-lo, afinal ouviu rumores sobre a jovem, Dom Scarletti decide casar com Nicoletta. Isso vai jogar ambos em uma armadilha perigosa de amor e morte.

Todas as mulheres dos Scarletti morrem misteriosamente. Juntos eles vão tentar quebrar essa maldição e manterem juntos a chama de desejo e amor que os uniu duas almas bem parecidas. Minha nota? Quatro beijos mordidos!

Anúncios