Etiquetas

, ,

Criar um personagem é construir um mundo. Um universo de lembranças, amores, dores, alegrias, fraquezas e forças. Eles são, os personagens, os pilares de uma boa história. É em seus ombros que tudo vai se sustentar.

Por instinto crio personagens femininas fortes, ou que ficarão com aprendizado. Não é uma missão, uma regra, mas acredito que seja o caminho lógico a ser seguido. Como riscar uma reta no papel e desejar que ela construa algo maior.

Zoe Lessa é uma reta apontada para o crescimento. Kara Ramos, foi um risco, uma linha, uma reta e uma seta. Mulheres, leoas, gatinhas. Femininas, poderosas, frágeis, como nós mulheres sabemos ser. Amor? Sim, todas as leoas, e as gatinhas também querem. Mas não queremos suplicar, podemos lutar por ele, mas jamais suplicar.

Zoe Lessa é uma leoa, uma gatinha, mas uma guerreira que começou sua jornada rodeada de mentiras. Ela busca a verdade desde que nasceu.

No primeiro livro da série ela busca se aceitar, encontrar o que seu coração tem medo pedir. Desejo e amor se misturam na mesma medida. E fugir ainda é uma opção.

Leoa ou gatinha?

Anúncios