Etiquetas

, ,

 

Vi criticas bem dura sobre o filme Transcendência. Não me ative a nenhuma delas. Assisti ao filme e percebi o motivo das criticas, entendimento.

A maioria não compreendeu que a inteligência criada não era agressiva ou violenta. Durante dois anos a IA, entenda-se Inteligência Artificial, apenas se dedicou a criar coisas que contribuíssem com o crescimento do homem na terra. O único erro foi curar e manter controle sobre os que se beneficiaram de seus dons.

O controle era real, tanto quanto o que temos hoje, através das mídias disponíveis. Existem grupos conectados a formas de controle nocivos e sequer percebem.

O homem moderno vive diante de telas e ainda não se ligou a nenhum desses aparelhos por meio de um cabo USB, porque ainda não foi necessário.

Ninguém pode substituir Deus, ou dizer que a IA é uma abominação. A nanotecnologia é uma realidade.

O final me surpreendeu e me fez perceber o óbvio, estamos longe de sermos considerados capazes de conviver com formas de vida mais inteligentes. Toda forma de poder traz em si o bem e o mal.

Anúncios