Etiquetas

,


Meu fetiche veste negro e tem olhos azuis;

sua boca é doce e cruel.

Ele é o senhor de meu mundo,

e diante dele sou fraca e submissa.

Em seu corpo encontro paz e sossego.

Em seu sangue, alimento e imortalidade.

Meu fetiche gosta de fazer amor à luz de velas.

Ele sabe como me convencer, como seduzir com um sorriso.

E quando desabotoa a camisa, o mundo parece me engolir.

Nos seus beijos rubros só existe prazer.

Ele gosta de se exibir e mostrar quem manda,

mas em meus braços é o meu menino.

Seu jeans é negro e suas botas estão surradas.

Ele é selvagem como um tigre.

E é dentro de seu coração que me escondo quando ele perde a razão.

Fera e Anjo,

Demônio e Amante.

Meu fetiche.

Ele já me bateu,

mas foi com uma rosa sem espinhos.

Ele já me matou,

mas foi com um beijo Mordido.

Ele me trouxe a vida com um beijo.

Ah! Meu fetiche é azul.

E gosta de camas cobertas de rosas vermelhas.

O mundo onde vive me encanta e seduz.

Meu fetiche…

Meu prazer…

Meu amor vampiro.

(fim)

Anúncios